Como estudar para a 2ª fase da OAB?

Após o terceiro adiamento da prova para a 2ª fase do XXXI marcada, por enquanto, para o dia 30 de agosto de 2020, os candidatos ganharam mais 3 meses de estudos.

Geralmente, o tempo de preparação entre a 1ª fase e a 2ª fase da OAB é curto (em média 2 meses). Contudo, considerando que a prova da 1ª fase do XXXI aconteceu dia 09 de fevereiro de 2020, e já ocorreram 3 adiamentos da prova de 2ª fase, então, este é o maior período que já tivemos até hoje!

Fato é que, quando a prova foi adiada pela primeira vez, a grande maioria dos candidatos já estavam praticamente prontos para esta prova. E hoje, também essa maioria está esgotada de estudar e ainda receosos do surgimento de um novo adiamento.

Além disso, por ser uma situação muito atípica em virtude da pandemia, os candidatos ainda precisam equilibrar as suas emoções e preocupações com os estudos, o que é um grande desafio!

Você pode estar pensando: E agora? Como estudar para a 2ª fase da OAB diante deste desafio?

Na verdade, não tem receita pronta de bolo! Único caminho é manter os estudos até o dia da prova! Você pode até diminuir o ritmo de estudo frenético que estava tendo antes do adiamento e se organizar para manter esse estudo, menos intenso, todos os dias, até o dia da prova.

Resolvemos então te passar boas dicas de como estudar para a 2ª fase da OAB!

Não se esqueça que a prova da 2ª fase da OAB é “prova de memória fresca”. Você precisa estar com todo o conteúdo em mente para conseguir vislumbrar as respostas corretas. Por isso que se mantiver os estudos, revisões e treinos, chegará lá muito bem preparada (o)!

Portanto, se organize para estudar entre 2 e 3 horas por dia, ou seja, de forma contínua, alternando entre doutrina, revisão e treino. Nos treinos, refaça as provas anteriores da OAB, tanto as peças quanto as questões.

É evidente que se você tem mais tempo livre, aproveite e seja produtiva (o)!

Siga um cronograma onde um dia você irá ler a doutrina referente a parte processual, no outro irá revisar o que estudou um dia antes e fazer uma peça de um exame anterior, no outro dia estude a doutrina referente a parte material e no próximo dia, revise o que estudou um dia antes e faça questões de um exame anterior, e assim sucessivamente. Crie uma rotina! Este foi um exemplo que pode funcionar para você muito bem.

Assim, vamos estudar através do bom e velho método (infalível!) da leitura e treino. Mas ler por ler não é suficiente. Você deve estar de corpo e alma dedicado a cada uma das tarefas propostas, realizando leituras com a necessária atenção e compreensão dos temas propostos.

Para isso, é de suma importância que você, durante a leitura da doutrina, grife de amarelo tudo aquilo que considerou importante ou que mereça maior fixação.

Exemplo: o tema é normalmente cobrado nas provas? Redobre a atenção em relação a ele. Você tem dificuldade em memorizá-lo, marca-texto nele! Ou seja, marque aquilo que precisa ser compreendido, revisto ou memorizado.

Não se esqueça ainda da leitura da lei seca associada a cada tema, bem como das súmulas a ele relacionadas.

Marque, rabisque, anote. Seu material de estudo é sua melhor e mais potente arma. Faça valer!

Repare que, as revisões são de extrema necessidade. Para a revisão, reveja tudo que foi marcado durante a leitura original, resumindo, esquematizando ou colocando as ideias principais em uma ficha ou caderno. Ler e escrever ainda é o melhor método de estudo que existe. Afinal, você chegou até aqui (e toda a humanidade também) não foi à toa!

Dedique-se ao máximo, mas lembre-se de fazer pausas de 10 a 20 minutos ao menos a cada 2 horas dedicadas ao estudo. Mas se você não dispõe de tanto tempo, ou seja, mais que 2 ou 3 horas por dia, tente aproveitar cada minuto disponível com concentração máxima. Se você possuir foco e disciplina, vai dar certo!

Ah, celulares, grupos de whatsapp e redes sociais devem ficar longe de sua preparação. Foco máximo na aprovação!

E aqui segue uma última dica importante: faltando um mês para a prova, foque nas suas revisões e treinos. Treine muito e todos os dias! Quanto mais treino, maior a segurança de encontrar as respostas no Vade Mecum e também maior oportunidade de revisar os mais variados temas!

É isso! Paciência e dedicação todos os dias para alcançar a “vermelhinha”!

A sua aprovação está em suas mãos!

Que esse ano de 2020 seja lembrado não somente pelo momento desafiador que estamos vivendo, mas também o ano em que você foi aprovado no Exame de Ordem!

Bons estudos!

Quer conhecer nossos cursos para a Primeira e Segunda Fase da OAB?