como se preparar para a advocacia criminal

Advocacia Criminal na prática: como se preparar?

Como se preparar para atuar na prática da Advocacia Criminal? Essa é uma pergunta muito comum dos Advogados criminalistas iniciantes, porque, afinal de contas, se você começa a atuar na prática sem a devida preparação, muito possivelmente você irá prejudicar tanto os interesses e direitos do seu cliente, quanto a você mesmo e a sua carreira profissional.

Muitos Advogados Criminalistas em início de carreira ficam perdidos nesse momento e desconhecem os passos que devem seguir para se prepararem para prática na Advocacia Criminal. Isso também serve, em alguma parte, para aqueles que estão se preparando para a Segunda Fase da OAB em Penal, já que se trata de uma prova prático-profissional e exige do candidato os conhecimentos tanto da teoria, quanto da prática penal.

Então, decidi aqui trazer breves orientações importantes sobre como se preparar para a prática criminal.

Vale destacar que não se trata de uma fórmula mágica, como sempre falo aqui, e nem pretendo esgotar esse assunto em um post. São apenas orientações ou dicas que considero relevantes, pois já passei por esta experiência no começo da minha carreira e sei que isso faz toda a diferença na sua prática da advocacia criminal.

Justamente por isso, no Curso de Prática na Advocacia Criminal, eu, Professora Cristiane Dupret, tenho o cuidado de abordar desde as primeiras preocupações que um advogado criminalista iniciante deve possuir como, por exemplo, como fazer contato com o cliente, até como se portar em uma audiência criminal.

E continuamos focados na preparação dos nossos alunos no Curso Intensivo para a Segunda Fase da OAB em Direito Penal.

Então, vamos lá. Como se preparar para atuar na prática da Advocacia Criminal?

Estude a teoria aliada à prática

Já falei aqui em outra oportunidade que, estudar em conjunto a teoria e a prática penal é importante tanto para quem está se preparando para a prova da Segunda Fase da OAB em Direito Penal, quanto para os que vão seguir a Advocacia Criminal.

Durante o curso de Direito não é ensinado como advogar na prática. Portanto, infelizmente, é necessário que você desconstrua toda forma que estudou na faculdade de Direito.

É fundamental que você estude o Direito Penal aplicado à prática, pois se estudados isoladamente, será muito mais desafiador para você conseguir imbricar esses dois polos no momento que você for pressionado a fazer isso, dentro da advocacia criminal ou mesmo na prova da OAB, se você estiver nesta fase da sua vida.

Lembre-se que, você não precisa aprender da pior forma possível, colecionando reprovações na prova da OAB ou derrotas na Advocacia Criminal.

Nesse sentido, preciso pontuar que, é até interessante se qualificar fazendo uma pós-graduação para ganhar uma titulação, mas cursos que tenham conteúdos práticos são mais importantes para agregar na sua prática criminal.

Aqui, não posso deixar de dizer que, tanto no nosso Curso de Teses de Mérito na Advocacia Criminal, quanto nos Cursos de Prática na Advocacia Criminal e Intensivo para a Segunda Fase da OAB em Penal, temos esse cuidado de abordar os temas de forma a conjugar Direito Penal com Direito Processual Penal, fazendo com que você não se sinta inseguro nos casos práticos e saiba, perfeitamente, como agir em cada um.

Exemplo: no Curso de Teses de Mérito na Advocacia Criminal, ao estudar cada item da parte geral e da parte especial do Código Penal, a Professora Cristiane Dupret vai explicando como o Direito Penal deve ser aplicado nas peças, onde alegar cada excludente, o que pode dar margem a uma desclassificação, quais os pedidos que refletem cada tese de Direito Penal sustentada e assim por diante.  E essa é a forma pela qual um advogado criminalista deve estudar Direito Penal.

Além de disponibilizar modelos editáveis de peças processuais e roteiros para elaboração, modelos de contrato, de procuração, nossos cursos objetivam passar toda a experiência na Prática da Advocacia Criminal, possibilitando a atualização de profissionais da área e preparando milhares de alunos, da melhor maneira possível, para a Segunda Fase da OAB em Direito Penal.

E com relação aos modelos editáveis e roteiros para elaboração de peças processuais, é muito importante que você, ao utilizar esses materiais, leve em consideração as particularidades de cada caso concreto.

Caso queira conhecer nossos cursos, clique nos links ao final deste artigo.

Estude por livros práticos

Complementando o tópico acima, uma outra dica interessante é a leitura e estudo de livros práticos. E você pode estar se perguntando qual melhor livro de prática penal.

A resposta é simples: aquele que faça a conjugação da teoria e da prática, do Direito Penal e do Direito Processual Penal, que, além disso, contenha modelos e roteiros de cada peça prática penal, e que aborde todos os detalhes e teses de direito material e processual, explicando como empregar cada uma delas nos casos específicos.

Deixo então a sugestão do meu livro de prática penal e Vade Mecum específico de Penal:

Direito Penal – Prática para a 1ª e 2ª fases da OAB. Esta obra foi carinhosamente elaborada para auxiliar o desenvolvimento do raciocínio jurídico, capacitando o bacharel em Direito para a prova de ingresso aos quadros OAB. Contudo, também auxilia, da mesma forma, os advogados criminalistas iniciantes por possuir uma compilação tanto teórica quanto prática do Direito Material e Processual Penal, questões práticas e modelos de peças processuais.

Portanto, é uma ferramenta imprescindível e coadjuvante aos estudos, não só para quem objetiva o credenciamento à advocacia, como também para a formação prática para a militância penal.

Vade Mecum Penal. É sempre importante ter um Vade Mecum atualizado para a sua prática penal. Esta obra é organizada para o Exame de Ordem e possui tudo que é importante para quem advoga na área criminal.

Leia também: Livros para iniciantes na Advocacia Criminal

Se conecte com advogados criminalistas

Além de manter o ritmo de estudo, mesmo ao final de um curso de Especialização ou Prática na Advocacia Criminal, por exemplo, procure também participar de todos os eventos relacionados a área criminal, como palestras, congressos, seminários, cursos de atualização/extensão.

Além disso, participe das comissões da OAB, instituições, associações e demais entidades relacionadas ao estudo do Direito Penal e do Processo Penal.

É importante estar envolvida (o) com pessoas que atuam na mesma área que você, até mesmo para troca de experiências, aprendizado e networking (rede de contatos).

Se conectar com profissionais ou grupos que têm o mesmo interesse que você pode ser uma grande vantagem para o início da sua carreira nesta área e para a sua prática penal.

Sempre dou essa dica, pois acho ela fundamental!

Abaixo deixo os links dos meus grupos de estudo do Whatsapp e Telegram:

Para entrar no grupo de whatsapp e receber conteúdos gratuitos diariamente, acesse: https://chat.whatsapp.com/DEXg2t7GuPUJPL1CheASzk

Caso o grupo já esteja lotado, pegue o link atual no stories do instagram @professoracristianedupret

Para entrar no grupo de estudo do telegram, acesse t.me/professoracrisdupret

Se tiver dúvidas sobre a inscrição nos cursos, CLIQUE AQUI para ser atendido pelo whatsapp em horário comercial

Recentemente, publicamos artigos que pode ser interessante para você:

Bom, espero ter contribuído com você que quer saber como se preparar para a prática na Advocacia Criminal.

Se quer aprender mais sobre o tema, o SeuFuturo possui três treinamentos com a Professora Cristiane Dupret voltados para este tema, como citamos acima:

 

Especialize-se na Advocacia Criminal

Cursos com certificado emitido por Instituição de Ensino, central de dúvidas com a Professora Cristiane Dupret, Visualizações ilimitadas, aulas também por aplicativo, Novos conteúdos constantes, Modelos, Material de apoio complementar e atualização semanal na área do aluno, além de conteúdos de atualização por e-mail.

Curso de Prática na Advocacia Criminal

CLIQUE AQUI

Curso de Teses (Curso Completo de Direito Penal)

CLIQUE AQUI

Curso para a Segunda Fase da OAB em Penal

CLIQUE AQUI